De Vicente Caruso imagens de antigas “folhinhas” ou calendários

Aqui vou mostrar hoje algumas das imagens que achei incrível, imagens usadas em calendário, imagens que já vimos alguma vez, que já tenha passado pelas nossas mãos, mas não sabíamos quem era o artista por isso copiei o texto abaixo do blog (http://www.pintorescaruso.com.br/) que mostra a historia não só do artista Vicente Caruso como de todos os artistas da família Caruso para sabermos um pouco mais dessas imagens.

Pouquíssimas pessoas no Brasil conhecem ou pelo menos ouviram falar de Vicente Caruso. Menos ainda são capazes de saber quem ele foi e o que fez de relevante em seus 74 anos de vida. No entanto, centenas de milhares, milhões talvez de brasileiros fazem questão de exibir nas paredes de suas casas uma figura de Cristo, reprodução de um famoso quadro pintado por ele. Por que isso acontece? Por que a maior parte das pessoas que adquiriam a pintura por achá-la bonita não se preocupava em olhar a assinatura e saber o nome do autor. Em muitos casos, inclusive, não aparecem a assinatura e o nome do autor, graças à ação de espertalhões, que em atos de autêntica pirataria, imprimem a gravura sem autorização dos herdeiros e ainda cometem a ousadia de, em flagrante desrespeito à memória do artista, apagar o seu nome.
Além do Cristo, que foi reproduzido em gravuras que estão espalhadas por todo o Brasil, pintou centenas de outros que foram adquiridos pelos apreciadores do seu trabalho.

Se Vicente Caruso tivesse pintado apenas o Cristo em toda a sua vida, já teria méritos suficientes para ser admirado, mesmo depois de 20 anos da sua morte. Sua obra artística, no entanto, é muito mais ampla e apresenta e se materializa em diversos outros motivos: natureza morta, paisagens, figuras. E acima de tudo os seus nus.

Ninguém, como ele, soube transportar para a tela a beleza da mulher brasileira, o frescor da sua pele e aquele algo mais que poucas mulheres no mundo conseguem mostrar. E não fica nisso.

E os calendários que ele pintou como as feitas todos os anos para a indústria de pneus GoodYear, especialmente a comemorativa do quarto centenário da fundação de São Paulo, em 1954? Até hoje são guardadas com carinho por muita gente. E muitas outras. Incluindo as que desvendavam os naturais encantos da índia brasileira.

Bfolhinha 1  sem data  Bfolhinha 2 1956 1956 Bfolhinha 3 1956 1956 BFOLHINHA 4 sem data Bfolhinha 5 1954 homenagem IV centenário de São Paulo

essa imagem em especial foi retrada em um mural de um predio na Mooca, historia aqui:  https://chimbica91.wordpress.com/2013/07/09/um-mural-para-sao-paulo-se-orgulhar/

bfolhinha 6 sem data    bfolhinha 7 1964  1964 bfolhinha 8 1958  1958 bfolhinha 9 1952  1952bfolhinha 10 1964 1964    bfolhinha 11 1959  1959bfolhinha 12 1955 1955      bfolhinha 13 1954  1954 homenagem ao IV centenário da cidade de São Paulo

bfolhinha 14  sem data    bfolhinha 15 sem databfolhinha 16 irmãos spina  sem data bfolhinha 17 irmãos spina sem databfolhinha 18 19571957  bFOLHINHA 19 sem data bfolhinha 20 19581958   bfolhinha 21 1961 1961folh amaral

De Vicente Caruso, a obra acima é propriedade da família de José Roberto Inocente há mais de 50 anos. Ele conta: “Meu pai, ja falecido, era comprador da antiga Cestas de Natal Amaral. Dentro dessa cesta, normalmente vinha um calendário e em um determinado ano veio o de uma menina loirinha de tranças de olhos muito azuis segurando um cachorrinho. Contava meu pai que tinha sido a menina retratada por um pintor famoso (e na tela se lê Caruso) e depois reproduzida em milhares de folhinhas que seguiram nas cestas distribuídas pelo Brasil. Meu pai foi presenteado com a tela original, que está em nosso poder”.

vcaruso valisere Reprodução de um anúncio, acima, publicado na revista O Cruzeiro, com ilustração de Vicente Caruso. Sem data definida. Vicente Caruso - fab chapéus 1955  A Sra. Maria Coeli Malcher Castello enviou também a imagem acima, uma folhinha de 1955, de uma fábrica de chapéus: “Lembrei de um arquivo onde guardo minhas preciosidades e imagine a surpresa que tive”, contou ela. Mais uma obra resgatada.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para De Vicente Caruso imagens de antigas “folhinhas” ou calendários

  1. muito bacana essas imagens

  2. sergio dias disse:

    trata-se de um artista que com toda certeza fez história com suas formas e sua iluminação perfeita trata-se de cromos do maior bom gosto que com certeza enfeitaram a casa de vários brasileiros a ele seja dado a honraria necessaria

  3. fernanda costa disse:

    Todas as obras são lindas, minha mãe tem uma índia com o macaquinho na beira do rio, sempre fui apaixonada por essa tela, e agora que vi as outras fiquem apaixonada por todas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s